Flávio Bolsonaro se pronuncia sobre prisão de Queiroz e fala em ataque ao pai

O senador Flávio Bolsonaro comentou no Twitter a prisão do ex-assessor dele Fabrício Queiroz, nesta quinta-feira (18). O parlamentar indicou que a operação quis atacar o pai, o presidente Jair Bolsonaro.

“Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecerá! Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro”, escreveu Flávio. “Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim. Bastou o presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!”, continuou.

Queiroz foi preso nesta manhã em um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo. O imóvel pertence ao advogado de Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef. As informações sobre o paradeiro do ex-assessor foram dadas à Polícia Civil pelo caseiro do sítio.

A prisão faz parte de desdobramento da investigação que apura esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que é o desvio de públicos por meio da devolução parcial de salário pelos assessores. O policial militar aposentado também é investigado por lavagem de dinheiro fazendo transações imobiliárias com valores de compra e venda fraudados. Ele teria movimentado R$ 1,2 milhão em sua conta bancária de forma atípica, de acordo com o Coaf (Conselho de Atividades Financeiras).

Agora, Queiroz será transferido ao Rio de Janeiro e, ao contrário do previsto nesta manhã, não prestará depoimento ao Gaeco.