Aneel aprova reajuste nas contas de luz em São Paulo, Minas Gerais e Paraná

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste médio de 4,87% nas tarifas da Energisa Sul Sudeste. Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 6,90%, e para a baixa tensão, a alta será de 4,03%.

A Energisa Sul Sudeste atende a 797 mil unidades consumidoras em Presidente Prudente (SP) e outros 84 municípios situados nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. As novas tarifas vigoram a partir de domingo, 12 de julho.

A empresa apelou à operação de socorro ao setor elétrico durante a pandemia da Covid-19, conhecido como Conta-Covid, o que permitiu diluir o aumento tarifário que ocorreria neste ano. Sem a adesão, o reajuste teria sido de 10,47%, em média.

Em nota oficial, a Aneel disse que “o reajuste foi impactado, em especial, pelos custos de aquisição e de transmissão de energia”.

*Com Estadão Conteúdo