Neymar pede e terá em casa gramado sintético idêntico ao do Allianz Parque

O atacante Neymar terá na casa de praia em Mangaratiba (RJ) um campo sintético idêntico ao do Allianz Parque, estádio do Palmeiras. O camisa 10 da Seleção Brasileira e do Paris Saint-Germain autorizou que o seu pai fechasse a negociação com a empresa responsável pelo gramado da arena, a Soccer Grass, para montar a estrutura no quintal da residência. O campo deve ficar pronto até setembro. Segundo o presidente da Soccer Grass, Alessandro Oliveira, Neymar terá na casa um campo de dimensões inferior ao do Allianz Parque. Serão cerca de mil metros quadrados de área, espaço utilizado popularmente para futebol society, modalidade em que cada time atua com sete jogadores. O gramado será instalado em uma área onde existe atualmente um campo de piso natural. O preço da operação é mantido sob sigilo. Por coincidência, Neymar foi palmeirense na infância.

“O Neymar quer ter na casa um gramado exatamente igual ao do estádio. O pai dele viu o sistema, gostou muito e quer colocar o que tem de mais moderno. Tudo será exatamente igual ao que foi usado no estádio do Palmeiras. Os produtos estão vindo da Europa”, contou Oliveira. A Soccer Grass tem uma relação antiga com a família de Neymar por já ter instalado os campos sintéticos utilizados no projeto social mantido pelo jogador, em Praia Grande, e também no complexo de quadras que o atleta mantém na Zona Sul da capital.  Para montar o novo campo, as fibras da grama são importadas da Holanda e serão montadas sob um manta de amortecimento trazida da Alemanha. Para preencher o piso, as partículas de preenchimento e de amortecimento virão da Itália.

O pai de Neymar pediu que todos os componentes do gramado fossem idênticos aos utilizados pelo Palmeiras. “Se durante as férias o jogador quiser fazer um trabalho de recondicionamento físico, terá um piso moderno, de superfície regular e de manutenção mais fácil”, explicou Oliveira. Neymar montou em Mangaratiba uma mansão com academia particular, acesso à praia e quadra de futevôlei. Foi nesse local que o atacante se refugiou em duas ocasiões recentes: durante a quarentena do novo coronavírus e também no início de 2018, quando passou meses no Brasil para se recuperar de uma fratura no pé direito sofrida pouco antes da Copa do Mundo da Rússia. O jogador gosta também de receber amigos em casa para festas e brincadeiras seja no futebol, na piscina ou no futevôlei.

O mesmo gramado do Allianz Parque foi instalado também na Academia de Futebol, para o elenco do Palmeiras treinar e se adaptar. Fora esses dois locais, o único espaço no Brasil que terá o mesmo tipo de piso por enquanto será a casa de Neymar. O atacante está em Paris, à espera do reinício da fase de final Liga dos Campeões da Europa, marcada para agosto. Após a disputa dos compromissos, ele será liberado pelo clube e, possivelmente, estará no Brasil a tempo de acompanhar o término da instalação do gramado. O atleta só atuou até hoje uma vez no Allianz Parque. Foi em outubro de 2017, na vitória do Brasil por 3 a 0 sobre o Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

*Com informações do Estadão Conteúdo