PSG coloca Matheus Cunha no radar de contratações após aprovação de Neymar

O Paris Saint-Gemain está interessado em contar com o futebol do atacante Matheus Cunha, do Hertha Berlin, na próxima temporada. De acordo com publicação do jornal “Bild”, da Alemanha, nesta quarta-feira (29), o brasileiro está no radar do clube parisiense após a aprovação de Neymar. O problema, segundo a matéria, é que os alemães não estão interessados em se desfazer do jogador da seleção brasileira olímpica e exigem 50 milhões de euros (na cotação atual, pouco mais de R$ 300 milhões) para liberar o atleta recém-contratado.

Matheus Cunha chegou ao Hertha Berlin em janeiro deste ano, pouco antes da paralisação da Bundesliga devido à pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Adquirido junto ao RB Leipizig por 15 milhões de euros, o atacante logo se destacou na nova equipe, contribuindo com 5 gols e 2 assistências e 11 partidas disputadas no Campeonato Alemão. Levando em consideração o desempenho nas duas equipes, ele marcou 5 vezes e deu 3 passes para gols em 24 jogos na temporada.

O interesse do PSG em Matheus Cunha, de apenas 21 anos, acontece em meio à procura de um substituto para Edinson Cavani, um dos maiores ídolos da torcida azul e vermelha, mas que deixará o Parque dos Príncipes após o término da campanha do time na Liga dos Campeões da Europa. O clube de Paris, no entanto, também deve ter dificuldades para contratar o brasileiro porque ele também é monitorado pela Inter de Milão.

Matheus Cunha foi formado nas categorias de base do Coritiba, mas sequer chegou a atuar no time profissional. Em 2017, ele deixou o clbe para atuar no Sion, da Suíça. No ano seguinte, ele migrou para o RB Leipzig, time o qual defendeu até o começo de 2020.