Barcelona vence Betis com dois gols de Messi

O Barcelona venceu o Bétis neste sábado, 7, durante a nona rodada da LaLiga. O time catalão estava há quatro rodadas sem vencer. Lionel Messi não estava nos planos do treinador Ronald Koeman para enfrentar o adversário. O jogador iniciou no banco, mas com a dificuldade imposta pelo adversário na primeira etapa, teve de entrar e contribuir para o Barcelona reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Espanhol. Com dois gols de seu astro, goleada por 5 a 2 e fim do jejum de triunfos na competição. Depois de compromisso pela Liga dos Campeões, no meio de semana, diante do Dínamo de Kiev, o astro Messi ganhou um descanso do técnico que durou só 45 minutos. Ficou no banco de reservas depois de mais de um ano. Na última vez, em setembro de 2019, o Barcelona perdeu do Granada por 2 a 0. Desta vez, ao ver o time apenas empatando com o Bétis, o holandês resolveu lançar o argentino no intervalo para desencantar no Espanhol. Ele entrou no lugar de Ansu Fati.

O Barcelona não podia desperdiçar pontos no Camp Nou. E criou muitas oportunidades na primeira etapa. Numa pancada de Dembélé, o time saiu na frente. Um belo gol do jogador, que cortou para dentro e chutou com força. Em vantagem, o Barcelona seguiu atacando. E também levando sustos nos contragolpes. Cobrando mais chances de atuar pelo time, Griezmann poderia ter ampliado aos 33. Mas o goleiro Claudio Bravo defendeu o pênalti cobrado pelo atacante francês. Não ampliou e viu o castigo vir antes do intervalo. Sanabria recebeu cruzamento e chutou para igualar o placar em 1 a 1. Koeman não quis dar bobeira e já chamou Messi, o carrasco do Bétis. Em 23 jogos contra o Bétis, o argentino havia anotado 22 gols. Agora são 24 em 24.

Messi nem bem entrou e já teve participação decisiva. Ele fez o corta-luz e viu Griezmann se redimir do pênalti perdido. O francês, logo aos 3 minutos, recolocou os catalães na frente. Aos 12, Dembélé chutou para ampliar, mas Mandi deu uma de goleiro. Tirou com a mão e acabou expulso. Messi assumiu a cobrança e não desperdiçou. Mesmo com um a menos, o Bétis voltou a assustar. Loren diminuiu aos 28. Pressão? Com Messi em campo, a situação é mais fácil. Ele recebeu o passe de calcanhar de Sergi e na cara do goleiro, não falhou: 4 a 2 e alívio garantido. No minuto final o jovem Pedri, de somente 17 anos, ainda teve tempo para definir a goleada. O Barcelona subiu para os 11 pontos, na oitava colocação. Antes do jogo foi prestado um minuto de silêncio no Camp Nou em memória do holandês Tonny Bruins Slot. O ex-assistente de Cruyff no Barcelona morreu no dia 1º de novembro, aos 73 anos. No outro jogo deste sábado pela manhã, Huesca e Eibar ficaram no 1 a 1.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Jogadores da NBA se reúnem com Papa Francisco para debater justiça social

Cinco jogadores da NBA foram convidados pelo Papa Francisco para comparecerem ao Vaticano e debaterem questões sociais. Entre os nomes selecionados para a reunião...

Tênis: Dupla com brasileiro encerra temporada como a melhor do mundo

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) anunciou que a dupla do brasileiro Bruno Soares e o croata Mate Pavic encerrou a temporada como a...

Liga dos Campeões: Inter x Real Madrid e PSG tentando se reerguer; veja todos os jogos da semana

Após uma pausa de duas semanas, a Liga dos Campeões da UEFA está de volta. Por causa da pandemia de Covid-19, a fase de...

D’Alessandro anuncia que deixará o Inter no fim de 2020: ‘Decisão pessoal’

O meia argentino Andrés D’Alessandro, do Internacional, anunciou nesta segunda-feira, 23, que vai deixar o clube gaúcho em janeiro. O jogador de 39 anos...

Grêmio anuncia renovação de contrato do treinador Renato Gaúcho

O Grêmio oficializou na tarde desta segunda-feira, 23, a extensão do vínculo do técnico Renato Gaúcho até o dia 28 de fevereiro de 2021,...