Brasil x Venezuela: Tite confirma seleção com Ederson e Richarlison; confira

O treinador Tite, da seleção brasileira, divulgou nesta quinta-feira, 12, qual será a escalação para o confronto diante da Venezuela, marcado para a próxima sexta-feira, 13, no Morumbi, e válida pela terceira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Em entrevista coletiva, o técnico confirmou que Ederson, goleiro do Manchester City, será o titular da meta do Brasil, assim como Richarlison, atacante do Everton, que será o centroavante no jogo contra os venezuelanos. A equipe fez pela manhã a última atividade antes do duelo na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Franco, o treinador comentou ter sido bem difícil o trabalho com o elenco nos últimos tempos. Desde a lista de convocação até agora foram seis baixas seja por lesão ou por contaminação com o novo coronavírus. Inclusive, ainda nesta quinta-feira o lateral-direito Gabriel Menino foi cortado após testar positivo para a doença. Porém, para Tite os problemas podem apresentar também alguns benefícios, como a chance para os substitutos. “São desafios que todas as seleções têm enfrentado. Essa convocação teve um número maior do que realmente acontece, ou por lesão ou pelo problema da covid-19. Eu quero olhar esse lado real também. As oportunidades surgem”, explicou o treinador. “Nós não queremos que problemas de lesões aconteçam, mas também fica uma outra oportunidade para um atleta de alto nível também vir e se apresentar”, acrescentou.

O treinador confirmou que Ederson será o titular no gol. Apesar de Alisson estar recuperado de lesão e à disposição da equipe, Tite vai dar chance para o jogador do Manchester City. Com Neymar machucado, o ataque será por formado por Roberto Firmino, Gabriel Jesus e Richarlison, que em vez de atuar como ponta, será escalado de centroavante titular. A mudança tática é nova na seleção brasileira. Nos últimos jogos, Firmino foi quem atuou de centralizado. “A colocação em relação ao Richarlison é ‘9’. A do Firmino vai ser um jogador mais livre, mais arco do que flecha. Diferentemente do outro jogo, vai ser mais articulador. Eu não quero entrar em mais detalhes também. Em termos de estratégia, a gente procura preservar alguma informação”, disse.

Com isso, o Brasil será escalado contra a Venezuela com: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Allan, Douglas Luiz e Éverton Ribeiro; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Richarlison. Depois da partida desta sexta-feira, o time volta a campo na terça diante do Uruguai, em Montevidéu. Para o jogo no Uruguai o treinador deve contar com o retorno de Neymar. O atacante do Paris Saint-Germain por enquanto tenta se recuperar de lesão na coxa esquerda.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Lewa, Messi, CR7, Neymar… Confira os candidatos ao prêmio Fifa The Best 2020

A Fifa anunciou nesta quarta-feira, 25, os indicados ao prêmio de melhor jogador do mundo (The Best) em 2020. A lista conta com 11...

Rogério Ceni detona arbitragem após empate do Flamengo com Racing na Libertadores; assista

Na noite desta terça-feira, 24, o treinador Rogério Ceni estreou nas oitavas de final da Copa Libertadores no comando do Flamengo. Frente ao Racing,...

Santos joga bem, vence a LDU e abre vantagem nas oitavas da Libertadores

Na abertura das oitavas de final da Copa Libertadores, o Santos viajou à Quito, no Equador, para enfrentar a LDU e saiu vitorioso por...

Neymar marca de pênalti, PSG vence RB Leipzig e respira na Liga dos Campeões

O Paris Saint-Germain conseguiu se manter vivo na Liga dos Campeões da Europa de 2020/21. Nesta terça-feira, 24, no Parque dos Príncipes, a equipe...

Copa do Mundo a cada dois anos? Especialistas em marketing dizem que é possível

Já imaginou ter Copa do Mundo a cada dois anos? Durante a Cúpula Mundial de Futebol, um grupo de especialistas em marketing levantou a...