Setor de serviços avança 1,8% em setembro

O índice teve a quarta alta consecutiva

Serviços financeiros e auxiliares puxam a alta de outros serviços, única atividade a recuperar perdas da pandemia

O setor de serviços cresceu 1,8% na passagem de agosto para setembro, o quarto resultado positivo consecutivo. O ganho acumulado de 13,4% nesse período, no entanto, ainda é insuficiente para compensar as perdas de 19,8% acumuladas de fevereiro a maio. Assim, o volume de serviços ainda se encontra 18,3% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014 e 8% abaixo de fevereiro de 2020. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (12) pelo IBGE. Em relação a setembro de 2019, o setor recuou 7,2%, sua sétima taxa negativa seguida nessa comparação. O acumulado no ano caiu 8,8% frente ao mesmo período de 2019.

Na passagem de agosto para setembro, quatro das cinco atividades pesquisadas cresceram. Apenas serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,6%) tiveram resultado negativo, eliminando pequena parte do ganho de 5,8% no período de junho a agosto. Já o setor de outros serviços, que alcançou 4,8% na comparação com o mês anterior, e 6,1% no acumulado do ano, foi o único a superar o nível pré-pandemia.

“Outros serviços alcançaram o maior patamar desde outubro de 2014, refletindo a alta nos serviços financeiros e auxiliares. As empresas nesse segmento vêm obtendo incrementos de receita desde o segundo semestre de 2018 em função da redução consistente da taxa Selic, que reduziu os ganhos com a poupança e levou os agentes econômicos a buscarem alternativas mais atraentes de investimentos, sejam de renda fixa ou variável. Neste sentido, empresas que atuam como intermediárias desse processo de captação recursos, tais como as corretoras de títulos e as administradoras de bolsas de valores, têm obtido ganhos expressivos de receita por conta da maior procura por ativos de maior rentabilidade”, comenta Rodrigo Lobo, gerente da pesquisa.

Outra atividade em destaque foi a de informação e comunicação, que avançou 2% em setembro, eliminando, portanto, a queda de agosto (-1%). Mas o ganho acumulado de 7% no período junho-setembro ainda não compensou todo o recuo (-8,9%) de janeiro a maio. Contudo, dentro desse setor, o segmento de TI já dá sinais de recuperação, sendo um dos poucos com resultado positivo no acumulado do ano (6,5%).

Os setores mais afetados pela pandemia, serviços prestados às famílias (9%) e transportes (1,1%), tiveram importância mais moderada na composição do resultado do mês, já que ambos cresceram pelo quinto mês seguido, o que lhes conferiu uma base de comparação mais elevada. “Muitos trabalhadores ainda estão exercendo suas funções fora do local de trabalho e ainda há muitas pessoas que não estão saindo de casa nem viajando. Por isso, restaurantes e hotéis, além do transporte de passageiros ainda não estão funcionando em plena capacidade, atuando como limitadores de um processo mais acelerado de retomada tanto dos serviços prestados às famílias como do setor de transportes como um todo”, explica Lobo.

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Com homenagem de Renato a Maradona, Grêmio vence na Libertadores

Na noite desta quinta-feira, 26, o Grêmio viajou até o Paraguai para enfrentar o Guaraní pelo jogo de ida das oitavas de final da...

Veja outros velórios que causaram grande comoção como o de Maradona

A morte de Diego Armando Maradona criou grande comoção na Argentina, pelo que ele representava para o país e para o esporte. Com o...

Entre amigos e familiares, Maradona é enterrado em Buenos Aires

Por volta das 17h44 (horário de Brasília) desta quinta-feira, 26, o corpo de Diego Maradona saiu da Casa Rosada, onde era velado desde o...

Tevez, Mascherano, Gallardo e mais: Quais famosos foram ao velório de Maradona

Maior ídolo do esporte argentino, Diego Armando Maradona foi velado nesta quinta-feira, 26, com a presença de milhares de fãs, em cerimônia realizada na...

Com vitória fora de casa, Arsenal antecipa classificação à 2ª fase da Liga Europa

O Arsenal passou com facilidade pelo Molde nesta quinta-feira, 26, na Liga Europa e garantiu de forma antecipada a classificação para a segunda fase...