Assistimos ao 1º filme nacional de Natal da Netflix e te damos o veredito!

<span class="hidden">–</span>CAPRICHO/Sestini/Reprodução

Faltam poucos dias para o Natal e, então, chegamos naquela ótima época do ano de lançamentos comemorativos da data. E, dessa vez, temos uma novidade nacional na lista. É que, pela primeira vez, a Netflix produziu um filme brasileiro com a temática natalina para a plataforma. Tudo Bem no Natal que Vem, estrelado por Leandro Hassum, estreia na próxima quinta-feira (3/12) no serviço de streaming. A CAPRICHO assistiu ao título em primeira mão e te revela a nossa opinião sobre a produção.

Na trama, Leandro interpreta Jorge, um homem rabugento que odeia o Natal por fazer aniversário na data e que faz de tudo para evitar as comemorações da ceia. No Natal de 2010, enquanto reclama da festa, recebe uma ~ameaça~ de Vô Nhanhão, que não fala há anos, sobre como ele deveria aprender a valorizar esse evento em família.

E aí algo mais inesperado ainda acontece! Jorge cai do telhado ao fingir que é o Papai Noel, fica com amnésia seletiva e “acorda” apenas nos dias 24 de dezembro dos próximos anos, em um ciclo interminável. Assista ao trailer:

Para nós, o filme brasileiro tira inspiração de dois grandes sucessos americanos. O primeiro e mais óbvio é Como Grinch Roubou o Natal, que é focado em Grinch, criatura rabugenta que, assim como Jorge, odeia a celebração. Inclusive, nós achamos que algumas expressões faciais de Hassum no longa são bem parecidas das feitas pelo personagem verde interpretado por Jim Carrey nos anos 2000.

E aí, em seguida, é impossível não mencionar Click, de 2006. Nessa história, Michael (Adam Sandler) descobre um controle remoto universal que permite que ele controle o tempo, podendo voltar ou passar mais rápido alguns episódios do seu dia a dia. Mas, o que acontece com o uso exagerado disso? O personagem acaba perdendo momentos – e até pessoas – importantes na sua vida.

Embora em Tudo Bem no Natal que Vem, Jorge fique preso no mesmo dia por vários anos, ele, como Michael, também acaba perdendo coisas valiosas, sem revelar muitos spoilers, e não sabe como lidar com essas perdas inestimáveis.

O veredito final é o seguinte: a atuação de Leandro Hassum como Jorge está imperdível. Você, com certeza, vai rir muito com o longa. Mas, ao mesmo tempo, vai se emocionar com a mensagem que o enredo quer transmitir sobre a importância de nos cercarmos das pessoas que amamos. E, em um período tão difícil por conta da pandemia, isso é algo muito importante, né? A sugestão é que você junte as pessoas de casa para assistir a esse filme – com uma caixa de lencinhos ao lado, por favor – para todos já entrarem no espírito natalino. Vamos nessa?

Continua após a publicidade

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Internacional goleia o São Paulo por 5 a 1 e assume liderança do Campeonato Brasileiro

O Internacional venceu o São Paulo por 5 a 1 em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e assumiu a liderança da...

Grêmio e Atlético-MG empatam em 1 a 1 e perdem chance de se aproximarem da liderança

O confronto entre a defesa menos vazada e o melhor ataque do Campeonato Brasileiro terminou empatado. Com um gol no fim de Everton, o...

São Paulo x Internacional: assista à transmissão da Jovem Pan ao vivo

O jogo entre São Paulo e Internacional, válido pelo Campeonato Brasileiro, acontece nesta quarta-feira, 20. A Jovem Pan apresenta todas as emoções do duelo...

Com gol de CR7, Juventus vence o Napoli e garante primeiro título de Pirlo

Com gol de Cristiano Ronaldo, a Juventus derrotou o Napoli por 2 a 0 e garantiu o título da Supercopa da Itália. Essa foi...

BC decide manter juros básicos em 2% ao ano

A taxa vigorará nos próximos 45 dias