Dani Alves exalta Lewis Hamilton por luta contra o racismo: ‘Líder pacificador’

Daniel Alves tratou de exaltar as manifestações antirracistas do amigo Lewis Hamilton na Fórmula 1. Em publicação nas redes sociais, o camisa 10 do São Paulo classificou o piloto da Mercedes como um ‘líder pacificador’ no combate ao preconceito racial. Além de fazer mais uma excelente temporada nas pistas, o britânico vem se manifestando em defesas de pessoas negras, em movimento que ganhou mais adesão após o assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos.

A partir do incidente, Hamilton promoveu diversos gestos antirracistas na Fórmula 1, utilizando camisetas, óculos, máscaras de proteção e até colando adesivos no carro que pilota pela Mercedes com frases como “vidas negras importam” e nomes de vítimas de violência racial. O astro inglês também chegou a se ajoelhar antes das largadas de algumas provas, incentivando outros pilotos a fazer o mesmo.

Por isso, Daniel Alves usou seu Instagram na manhã desta quarta-feira, 4, para homenagear o automobilista. “Precisamos seguir líderes pacificadores e com vozes inteligentes de conscientização. Meu irmão @lewishamilton sabe que aqui tem um parceiro para fazer reverberar as tuas ideias e a tua voz! Pessoas precisam entenderem que; AMOR É AMOR e está ao alcance de todos…. só precisamos que os professores do cotidiano não sejam estúpidos!”, disse o experiente atleta.

Daniel Alves, inclusive, chegou a sofrer preconceito racial na Espanha, onde jogou por onze anos – o lateral direito defendeu o Sevilla e o Barcelona. Em uma partida do Campeonato Espanhol, um torcedor chegou a tirar uma banana em sua direção. O brasileiro, então, comeu a fruta e ironizou o racista na saída do gramado.

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

spot_imgspot_img

Últimas Notícias