Revoltado, Bolsonaro afirma que Felipe Neto “é uma vergonha para as crianças”

Bolsonaro
Bolsonaro detona Felipe Neto e critica a Globo (Imagem: Reprodução – YouTube / Montagem – RD1)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a tecer críticas contra a Globo e Felipe Neto, em conversa com apoiadores, nesta terça-feira (01). Na conversa, o político falou sobre a pandemia e também a respeito da CPI da Covid.

Bolsonaro garantiu que, se dependesse dele, nenhuma escola teria sido fechada durante a pandemia. “Por mim, não teriam fechado escolas […] O atraso nisso para o futuro do Brasil, essa garotada praticamente perdendo dois anos de estudos na escola pública, é enorme. Vai levar talvez 20 anos para recuperar. A educação nossa já era ruim”, afirmou o presidente.

Em seguida, ele emendou o assunto com a CPI da Covid, ao dizer que governadores estão se recusando a prestar depoimento. O presidente chamou a comissão de “vergonha” e reclamou das críticas ao tratamento precoce da covid-19.

“O pessoal prefere se consultar com jornalistas do que com médico. Bonner, o que eu vou tomar? Renata e Reinaldo Azevedo, o que eu vou tomar? O povo que pensa dessa maneira é realmente sem comentários“, declarou o político.

O chefe do Executivo seguiu: “Felipe Neto, o que eu vou tomar? É uma vergonha para as crianças. Se bem que, aqui em casa, não entra há muito tempo a Globo. É que não tem como bloquear direto, mas ninguém assiste à Globo aqui”.

Na mesma conversa com apoiadores, Bolsonaro disparou novo ataque à imprensa e detonou Daniela Lima, âncora da CNN Brasil que tem sido alvo constante de mensagens negativas por parte dos bolsonaristas.

“É uma quadrúpede. Afinal de contas, acho que não preciso dizer de quem ela foi eleitora no passado, né? De outra do mesmo gênero”. O comentário de Bolsonaro foi feito quando os seus apoiadores o questionaram sobre uma fala da jornalista na semana passada no CNN 360º. Na ocasião, ela declarou ao vivo: “Não saia daí porque agora, infelizmente, a gente vai falar de notícia boa, mas com valores não tão expressivos”.

Na mesma interação, o presidente também criticou a Globo, atribuindo as críticas feitas à aceitação do governo em sediar a Copa América em plena pandemia ao fato de a emissora não ser a detentora dos direitos de transmissão do campeonato.

“Primeiro uma grita da TV Globo. Presta atenção. TV Globo. Sabe por quê? Porque a transmissão não é deles. Simplesmente”, afirmou o político, lembrando que o SBT é a detentora dos direitos.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]

O post Revoltado, Bolsonaro afirma que Felipe Neto “é uma vergonha para as crianças” apareceu primeiro em RD1.

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Ministro, marido de Patricia Abravanel defende Bolsonaro, ataca imprensa e minimiza 500 mil mortes da Covid

Ministro, marido de Patricia Abravanel defende Bolsonaro, ataca imprensa e minimiza 500 mil mortes da Covid (Imagem: Reprodução / Twitter) O Brasil chegou ao nível...

Ministro, genro de Silvio Santos negocia telejornal só de boas notícias do Governo Bolsonaro

Fábio Faria negocia telejornal a favor do Governo Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globo) Ministro das Comunicações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Fábio Faria negocia...

Atividade econômica de Santa Catarina cresce 0,56%

O resultado foi o terceiro melhor do país Santa Catarina mostra uma recuperação mais consistente do que...

Bolsonaro comprou briga com Edir Macedo antes de apontar Crivella para embaixada na África do Sul

Bolsonaro cutucou Edir Macedo durante crise da Igreja Universal (Imagem: Reprodução – SBT / Montagem – RD1) O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), algumas semanas...

Sul se torna a segunda principal região do país para a construção civil

Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul elevaram sua participação para 18% Em 500 MAIORES DO SUL,...