Técnicos da Anvisa vão examinar tripulante de navio chinês no Porto de Santos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, vai inspecionar, nesta terça-feira (18),  o navio chinês que chegou ao porto de Santos.  A vistoria será feita em conjunto com a Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo e do município de Santos. Eles vão checar as condições higiênico-sanitárias do navio, que durante essa inspeção ficará em local privativo e isolado.

Tanta preocupação se justifica pelo fato do comandante da embarcação ter relatado dois casos de sintomas de febre e tosse entre os tripulantes. Nesse momento todos estão sem qualquer tipo de sintoma. Mesmo assim, o protocolo recomenda que seja dada uma atenção especial nesse tipo de situação.

Só após essa inspeção é que a Anvisa vai fornecer autorização para que os tripulantes deixem o navio, por exemplo.

Os técnicos da Anvisa vão avaliar a condição de saúde de todos que estão à bordo. Se for encontrado algum caso suspeito da doença, a anvisa pode determinar a aplicação de medidas de isolamento dentro da própria embarcação, vacinação e até mesmo desembarque para isolamento em hospital em casos graves como determina o protocolo do ministério da Saúde.

Novo boletim sobre a situação dos brasileiros repatriados de Wuhan foi divulgado ontem pelo governo. Todos passaram  pela segunda coleta de amostras respiratórias que serão analisadas para descartar a presença do Coronavírus. O resultado deve ficar pronto em 48 horas. De posse dos resultados, os ministérios da Saúde e Defesa vão definir se os tripulantes e profissionais do voo que foi à China buscar os brasileiros precisarão continuar em quarentena.

Até o momento, 3 casos suspeitos estão sendo monitorados:  2 em São Paulo e um Rio Grande do Sul. Outros 45 casos foram descartados.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Artigos Relacionados

Comentários

Compartilhar

Últimas Notícias

Asfixia silenciosa por Covid-19: ‘Não senti nada, mas meus pulmões estavam tomados’, diz jovem

Apesar de não apresentar febre, tosse ou falta de ar, a engenheira de produção Bruna Chagas, de 33 anos, procurou o atendimento de saúde...

O ar que me falta

Três razões tornaram a leitura do livro de Luiz Schwarcz uma experiência fulminante

BC estende acordo com Fed até fim de setembro

Contrato especial de swap vigorará por mais seis meses

Marco Antonio Carbonari explica a diferença entre o vinho seco e suave

Você se considera um especialista de vinhos? Não? Pois então hoje é dia de aprender com Marco Antonio Carbonari.

Desemprego é o maior para o ano desde 2012

Porém, taxa de desocupação caiu para 13,9% no quarto trimestre